Áudio vazado aponta que Amazon deve investir mais na área da saúde

Uma das maiores empresas do mundo deseja expandir a sua atuação e atuar na área da saúde. É isso o que aponta um áudio vazado de Andy Jessy, atual CEO da Amazon.

O áudio foi gravado em novembro de 2021 e veio à tona somente agora. Jessy teria dito que a área da saúde é a que mais lhe interessa no momento e demonstra interesse em aumentar a atuação da empresa no segmento de assistência médica. 

O principal meio para isso seria o Amazon Care, que oferece serviços médicos por telemedicina, entrega de receitas médicas por correio nos EUA e a realização de exames de rotina a partir de visitas domésticas de enfermeiras. De acordo com uma matéria do site Business Insider, Jessy planeja dobrar os investimentos da Amazon na área da saúde nos próximos anos.

Histórico

O interesse da Amazon no segmento de saúde não é exatamente novo. Em 2018, a empresa comprou a startup de farmácia PillPack por US$ 750 milhões. A partir disso, passou a investir em serviços de cuidados primários e a realização de diagnósticos. 

Outras mega empresas de tecnologia também demonstram interesse em atuar com serviços de saúde, como a Microsoft e o Google. De acordo com a consultoria CB Insights, Amazon, Google, Facebook, Microsoft e Apple investiram mais de US$ 3,1 bilhões nesta área em 2020. 

O mercado de saúde apresenta uma demanda cada vez maior, já que a expectativa de vida cresceu em muitos países nas últimas décadas. Isso exige estratégias cada vez mais sofisticadas e inteligentes e reduzir erros como um alto número de exames desnecessários, incentivar hábitos de prevenção e diagnósticos nos estágios iniciais da doença.

Deixe um comentário

Newsletter

Seja o primeiro a saber das notícias mais recentes!